mulher com a mão no pescoço

Cancro da cabeça e pescoço: tudo o que deve saber

5 mins. leitura

Indíce
  1. 1. Tipos
  2. 2. Factores de risco
  3. 3. Sintomas
  4. 4. Tratamento
  5. 5. Prevenção

O cancro da cabeça e pescoço é um termo utilizado para designar uma série de diferentes tumores malignos que se desenvolvem dentro ou à volta da garganta, laringe, nariz, seios nasais e boca.

Estes tumores malignos, que surgem na região da cabeça e pescoço, podem também desenvolver-se nas glândulas salivares, ainda que seja raro. Deste grupo excluem-se os cancros relacionados com cérebro, olhos ou esófago.

De acordo com a plataforma Cancro Online, este é o sétimo tipo de cancro mais frequente na Europa. Mais de 90% dos casos ocorrem em pessoas acima dos 40 anos.

Além do peso psicológico que a doença cancro acarreta, nestes tipos de carcinomas existem também as marcas físicas que impactam os doentes emocionalmente pois, estes tumores afetam o aspeto físico e funções básicas como falar, sorrir, comer e/ou respirar, que tantas vezes utilizamos no dia a dia.

O diagnóstico precoce feito pelo médico especialista é fundamental para um tratamento eficaz. Saiba mais sobre esta patologia.


médica a avaliar doente

Cancro da cabeça e pescoço: tipos, fatores de risco, sintomas, tratamento e prevenção

Os cancros conhecidos como da cabeça e pescoço começam, geralmente, nas células escamosas que revestem as superfícies mucosas da cabeça e pescoço. Por isso, são chamados de carcinomas de células escamosas.

Podem também desenvolver-se nas glândulas salivares, seios perinasais, músculos ou nervos da cabeça e pescoço, mas são menos comuns.


Quais os tipos?

O cancro da cabeça e pescoço surge na região da cabeça e pescoço, sendo, assim, classificado de acordo com o local em que começa:

  • Cancro da laringe;
  • Cancro da cavidade oral;
  • Cancro da orofaringe;
  • Cancro da hipofaringe;
  • Cancro da nasofaringe;
  • Metástases cervicais de primário oculto;
  • Cancro das Glândulas Salivares;
  • Cancro das fossas nasais e seios perinasais;
  • Cancro da pele da face, pescoço e couro cabeludo.
  • Cavidade oral: inclui lábios, língua, gengivas, revestimento interior das bochechas, pavimento da boca e palato.
  • Garganta: inclui a faringe (nasofaringe, orofaringe e hipofaringe) e a laringe.
  • Nariz: inclui as fossas nasais e seios perinasais.

doente a fazer TA

Quais os fatores de risco?

Os principais fatores de risco para o desenvolvimento de tumores malignos na região da cabeça e pescoço são:

  • Álcool e tabaco: as pessoas que fumam e/ou consomem bebidas com álcool estão em maior risco de desenvolver a doença;
  • Vírus do Papiloma Humano (HPV): a infeção com tipos de HPV que causam cancro é um fator de risco para alguns tipos deste cancro, nomeadamente o cancro da orofaringe;
  • Dieta pobre em vegetais e frutas: este tipo de dieta aparece frequentemente associada a um aumento do risco de desenvolver tumores da cavidade oral e faringe assim como, o consumo frequente de alimentos salgados ou processados;
  • Saúde oral: a má higiene oral e falta de dentes podem ser fatores de risco para cancro da cavidade oral;
  • Exposição ocupacional: a exposição a pó da madeira e a outros produtos industriais são associados a uma maior incidência de tumores;
  • Exposição solar: o excesso de exposição solar e sem proteção está associada aos tumores da pele e lábios;
  • Vírus de Epstein-Barr: a infeção por este vírus é fator de risco para o carcinoma da nasofaringe.

mulher a apalpar pescoço

Quais os principais sintomas?

É importante salientar que, na maior parte das vezes, os sintomas que vamos apresentar, não significam, por si só, a existência de um tumor. Por isso é essencial um exame minucioso por parte de um médico especialista para determinar o diagnóstico adequado.

Principais sintomas e sinais do cancro da cabeça e pescoço:

  • Cavidade oral: Inicialmente, assintomáticos, podendo posteriormente evoluir para lesão: uma ferida branca ou vermelha que não cicatriza nas gengivas, língua ou revestimento da boca; inchaço na mandíbula; sangramento incomum ou dor na boca; caroço ou espessamento; problemas com dentaduras.
  • Faringe: dificuldade em respirar ou falar, aparecimento de um caroço; problemas em mastigar ou engolir alimentos; sensação de algo preso na garganta; dor na garganta que não passa; dor ou zumbido nos ouvidos ou perda auditiva sem causa aparente.
  • Laringe: o principal sintoma é a rouquidão, principalmente quando persistente por mais de 3 semanas. Contudo, a sintomatologia varia de acordo com a porção de laringe acometida, podendo manifestar-se com disfagia, dor de ouvido ou sensação de obstrução de vias aéreas.
  • Cavidade nasal: congestionamento nasal que não alivia; infeções sinusais que não respondem ao tratamento com antibióticos; sangramento pelo nariz; dores de cabeça; dor e inchaço à volta dos olhos; dor nos dentes superiores; problemas com dentaduras.

Qual o tratamento para o cancro da cabeça e pescoço?

O tratamento vai depender da localização do tumor, estádio, idade e estado geral do doente. Mas o tratamento pode incluir cirurgia, quimioterapia, terapêutica-alvo, imunoterapia ou uma combinação de diferentes tipos de tratamento.


mulher deitada na marquesa antes de fazer exame

Como prevenir?

A melhor forma de prevenir o cancro da cabeça e pescoço é eliminar os possíveis fatores de risco como, por exemplo, deixar de fumar e reduzir o consumo de bebidas alcoólicas.

Mas nem sempre é possível prevenir, pois nem sempre este cancro tem uma causa determinada ou um fator de risco associado. Neste contexto, estar atento a sinais e sintomas e manter um check-up médico habitual contribui para um diagnóstico e tratamento precoces.

Aviso: O Blog Mais Saúde é um espaço meramente informativo. A Medicare recomenda sempre a consulta de um profissional de saúde para diagnóstico ou tratamento, não devendo nunca este Blog ser considerado substituto de diagnóstico médico. Encontre aqui profissionais de saúde perto de si.

Contribua com sugestões de melhoria através do nosso formulário online.

Este artigo foi útil?

Obrigado pelo seu feedback.

Partilhe este artigo:

Obrigado pela sua preferência.

Irá receber no seu email as melhores dicas de Saúde e Bem-estar.
Pode em qualquer momento alterar ou retirar o(s) consentimento(s) prestado(s).

Receba as melhores dicas
de Saúde e Bem-estar

Precisamos do seu consentimento para envio de mais informação.

Encontre o melhor
Prestador Medicare perto de si

Código Postal inválido

Pesquise entre os mais de 17 500 Prestadores
da Rede de Saúde Medicare.

Artigos relacionados:
Ver mais
Informação Adicional
sobre Proteção de Dados

Mediante o seu consentimento, os seus dados pessoais serão recolhidos, processados e armazenados informaticamente pela MED&CR - Sistemas de Gestão de Cartões de Saúde Unipessoal Lda. ("Medicare"), com sede na Rua Rodrigues Sampaio n.º 103, 1050-196 Lisboa, número de telefone 219 441 113, e-mail info@medicare.pt , enquanto entidade responsável pelo tratamento dos dados pessoais, nos termos e para os efeitos identificados na lei aplicável, incluindo o Regulamento UE 2016/679 (Regulamento Geral de Proteção de Dados/RGPD) para as finalidades de envio de comunicações de marketing e envio de informação comercial e promocional relativa a produtos e serviços da Medicare.

A informação fornecida será tratada de forma confidencial e utilizada para os fins acima descritos.

A Medicare guardará, tratará e comunicará, quando aplicável, os seus dados de identificação e contacto enquanto não retirar o seu consentimento, de forma a poder apresentar-lhe as promoções, serviços e condições que possam ser mais vantajosas.

Os seus dados poderão ser tratados diretamente pela Medicare ou por entidades por si subcontratadas para o efeito (e sujeitas a obrigações de privacidade e confidencialidade próprias), podendo os dados ser comunicados a autoridades legais e regulatórias, nos termos previstos e determinados por lei. Estas entidades estarão sedeadas dentro do território da UE.

Poderá a qualquer momento retirar o seu consentimento enviando um email para politica.privacidade@medicare.pt, o que não invalida, no entanto, o tratamento efetuado até essa data com base no consentimento previamente dado. Poderá a qualquer momento, através do e-mail disponibilizado, exercer os seus direitos legais de acesso, retificação, portabilidade, limitação do tratamento, esquecimento.

Poderá também exercer o seu direito de reclamação à Comissão Nacional de Proteção de Dados, se considerar que os seus direitos não estão a ser cumpridos.

Para mais informação sobre os termos de tratamento de dados pela Medicare, sugerimos que consulte a Politica de Privacidade, disponível em www.medicare.pt/politica-de-privacidade.

1 presente à escolha

Oferta exclusiva Online

1 presente de boas-vindas à escolha

Aderir Online
Cartão Platinium Mais Vida
Quer aderir? Ligamos grátis! Esclareça as suas dúvidas com a nossa
equipa, sem compromisso.
Precisamos do seu consentimento para envio de mais informação.
Formulário enviado Obrigado pelo seu contacto. Será contactado em breve pela nossa equipa de especialistas.