dentista num consultório

Check-up dentário: quando deve fazer?

2 mins. leitura

A saúde dentária e oral é, frequentemente, desvalorizada, e o check-up dentário também. Muitas pessoas ainda pensam que só vale a pena ir ao dentista quando sentem dor de dentes.

A saúde oral desempenha, no entanto, um papel fundamental na saúde e bem-estar global. Basta pensar que a nossa boca é uma janela para a saúde do nosso corpo.

Na verdade, as doenças orais afetam milhares de pessoas ao longo da vida, causando dor, desconforto, desfiguração e mesmo a morte.

Uma má higiene oral pode não só originar cáries dentárias e doenças das gengivas, como também aumentar o risco de desenvolvimento de problemas cardíacos, cancro e diabetes, entre outras patologias.

Paralelamente, um check-up dentário regular permite avaliar a existência de um problema dentário e ajuda as pessoas a manterem a sua boca saudável.

A consulta de rotina no dentista é, por isso, extremamente importante para todos, independentemente da propensão de cada um para ter problemas nos dentes.

A prevenção é mesmo o melhor remédio, além de ser o mais barato!


A importância do check-up dentário

Quando fazer?

É frequente ouvir dizer-se que o check-up dentário deve ser realizado de seis em seis meses. Esta não é, no entanto, uma regra para toda a gente.

Na verdade, algumas pessoas podem ter necessidade de ir à consulta de rotina no dentista com maior frequência, enquanto outras não.

O tempo entre os check-ups pode variar entre três meses a um ano, dependendo de quão saudáveis são os seus dentes e gengivas, bem como do risco de problemas futuros.

A frequência do check-up dentário também depende da idade, pois os riscos variam com esta. Por exemplo, tendo em conta que os dentes permanentes muito jovens são mais vulneráveis ao desenvolvimento de cáries, as crianças entre os seis e os oito anos necessitam de uma vigilância mais apertada.

No caso de praticantes de desporto, a saúde oral é essencial para maximizar o seu desempenho, pelo que a vigilância deve ser especialmente tida em conta.


O que é avaliado

Quando vai fazer um check-up dentário o seu dentista atua com vários objetivos:

  • examinar os dentes, gengivas e boca;
  • perguntar sobre a sua saúde geral e quaisquer problemas que tenha tido com os seus dentes, boca ou gengivas desde a última visita;
  • perguntar e dar-lhe conselhos sobre a sua dieta, consumo de tabaco e álcool;
  • perguntar sobre os seus hábitos de limpeza dos dentes;
  • discutir consigo a data da próxima consulta de rotina, ou tratamento (quando necessário).

Se houver sinais de qualquer problema na sua boca, o dentista deverá oferecer-lhe conselhos sobre alterações que poderá introduzir no seu estilo de vida (por exemplo, mudar de dieta ou deixar de fumar), bem como dicas de cuidados orais.

Poderá também, caso necessário, remover o tártaro acumulado (a chamada "pedra nos dentes"), tendo em vista evitar o desenvolvimento de cáries e, naturalmente, melhorar o aspeto da sua boca.

No check-up é normal que o dentista solicite a realização de radiografias à boca. O objetivo é identificar quaisquer problemas que possam ainda não estar visíveis durante o exame dentário de rotina, mas que poderão surgir no futuro.

Nas radiografias de adultos podem ser identificadas cáries dentárias, dentes impactados, danos nos maxilares, quistos, tumores e abcessos. As que são tiradas às crianças permitirão ao dentista prever onde irão crescer os dentes de adulto.

Sempre que detetar mais problemas, o dentista irá recomendar os próximos passos a tomar. Pode, por exemplo, necessitar de restaurar dentes danificados ou cariados, tratar doenças gengivais ou realizar outros exames para ajudar no diagnóstico.

Aviso: O Blog Mais Saúde é um espaço meramente informativo. A Medicare recomenda sempre a consulta de um profissional de saúde para diagnóstico ou tratamento, não devendo nunca este Blog ser considerado substituto de diagnóstico médico. Encontre aqui profissionais de saúde perto de si.

Partilhe este artigo:

Obrigado pela sua preferência.

Irá receber no seu email as melhores dicas de Saúde e Bem-estar.
Pode em qualquer momento alterar ou retirar o(s) consentimento(s) prestado(s).

Receba as melhores dicas
de Saúde e Bem-estar

Precisamos do seu consentimento para envio de mais informação.
Artigos relacionados:
Ver mais

Pedido enviado Falaremos consigo
assim que possível

Quer aderir? Ligamos grátis
Precisamos do seu consentimento para o contactar.
 
Condições
da campanha

Campanha Medicare

Silver Familiar


Se aceitar esta oferta, está a aderir ao Plano de Saúde Medicare Silver Familiar.
Termos e condições da campanha:


Acesso a Rede Médica Medicare (1)

Consultas, exames e/ou tratamentos médicos com descontos dos prestadores.
Consulte www.medicare.pt para mais informações sobre as condições.


Acesso a Rede de Medicina Dentária Medicare (1)

Consultas e tratamentos dentários com descontos dos prestadores.
Consulte www.medicare.pt para mais informações sobre as condições.


3 (três) atos dentários grátis (2):

  • Check up dentário;
  • Limpeza dentária (destartarização);
  • Extração de dentes (3)

(1) A Medicare não é uma entidade prestadora de serviços de saúde.
(2) Estes atos/tratamentos gratuitos podem estar incluídos em planos de tratamentos dentários. Sujeito a confirmação junto do prestador de cuidados de saúde. Aconselha-se a realização de uma consulta de diagnóstico.
(3) Exodontia de dente decíduo, monorradicular ou multirradicular e supranumerário.


Oferta das mensalidades

Oferta das mensalidades referentes ao Plano de Saúde Medicare Silver Familiar pelo período de 6 (seis) meses a contar da data de subscrição, findos os quais, os benefícios associados, caducam automaticamente.


Custo dos serviços

Os serviços médicos prestados pelos Prestadores têm custo para o Cliente e/ou Beneficiário(s), com exceção dos atos médicos gratuitos ou sem custo associado, podendo os descontos e reduções ascender até 30% sobre o preço de tabela de cada Prestador. A percentagem de desconto acima referida é meramente indicativa não constituindo uma obrigação para todos os Prestadores da Rede Medicare, nem para a Medicare.


Beneficiários

Cada plano pode ter até 6 (seis) beneficiários, desde que subscritos na data de adesão à oferta. Só serão admitidos titulares do plano que nunca tenham aceite uma oferta Medicare.


O Plano Silver Familiar tem um custo de:

Campanha Medicare Silver Familiar
1 OU 2 BENEFICIÁRIOS S/ CUSTOS
3 OU 4 BENEFICIÁRIOS
5 OU 6 BENEFICIÁRIOS

Na consulta:

Deverá fazer-se acompanhar da respetiva credencial. Após a consulta, deverá efetuar o pagamento dos atos de que beneficiou de acordo com a tabela de preços acordada com a Medicare. A responsabilidade por todos os serviços acima descritos é dos Prestadores, não prestando a Medicare qualquer serviço de saúde.


Limite da campanha:

Esta campanha tem o limite de 300 ofertas por dia por cada distrito de Portugal.


Término da campanha:

Dada a situação atual da pandemia de COVID-19, a Medicare prolongou a campanha Medicare Silver Familiar. A campanha termina em 30 de Abril de 2021, e as ofertas podem ser utilizadas até à data de validade do plano subscrito pelo titular.

Para mais informações sobre as condições de adesão aos Planos Medicare, por favor consulte as Condições Gerais de Adesão ao Serviço Medicare.