escova de cabelo com cabelos

11 mitos e verdades sobre o cabelo

3 mins. leitura

Certamente que ao longo da sua vida já ouviu ou leu muito sobre os mitos e verdades sobre o cabelo. O problema é que, muitas vezes, é difícil saber quando é uma informação verdadeira ou na realidade não.

Como uma mentira dita muitas vezes pode tornar-se numa verdade, hoje trazemos-lhe um conjunto de mitos e verdades sobre o cabelo para que fique devidamente esclarecido quanto à forma como deve cuidar do seu.


Mitos e verdades sobre o cabelo que deve saber

Não seca o cabelo, porque acha que isso o prejudica? Está assustada porque foi mãe recentemente e tem tido uma queda de cabelo mais acentuada? Estes dois são muito comuns e vamos desconstruir o tema. Perceba melhor quais são os cuidados que, realmente, deve ter com o seu couro cabeludo e com os seus fios. Tome nota!


1. A dieta interfere na qualidade do cabelo: verdade

É mesmo verdade que comer de forma saudável e equilibrada contribui para uma pele, unhas e cabelo mais fortes. De igual modo, uma dieta pobre em certos nutrientes pode fragilizar o cabelo, causando a sua queda e enfraquecimento.

Assim, aposte em alimentos ricos em vitaminas do complexo B, betacaroteno (pró-vitamina A), zinco, ferro, silício e cisteína.


2. Lavar muito o cabelo enfraquece-o: mito

Se costuma lavar o cabelo todos os dias saiba que esse hábito não prejudica em nada o seu cabelo. Por outro lado, a sujidade sim, pode obstruir os poros capilares, dificultando o crescimento dos fios.

Ainda assim, importa dizer que os níveis de pH e de salinidade da água podem influenciar a saúde capilar.


3. Só tem caspa quem tem o cabelo sujo: mito

A caspa nada tem a ver com rotinas de higiene capilar, mas sim com doenças da pele do couro cabeludo que podem causar a sua descamação, como acontece com a dermatite seborreica.


4. É normal cair cabelo durante o pós-parto: verdade

Muitas mães já experimentaram esta condição, alguns meses depois de terem dado à luz. Esta fase tem mesmo um nome (eflúvio telógeno) e é uma situação passageira.

Caso a queda de cabelo seja muito intensa ou se prolongue por muito tempo, deve ser consultado um dermatologista.


5. Ter o cabelo molhado apodrece a raiz: mito

Apesar de ser uma ideia que nos é transmitida desde cedo, muitas vezes quando ainda somos crianças, ela não tem fundamento, uma vez que como já explicamos o contacto entre a água e o couro cabeludo não causa qualquer dano capilar.


6. Cortar o cabelo, torna-o mais forte: mito

Claro que cortar o cabelo é, esteticamente agradável, pois permite eliminar a parte da haste capilar que está mais desgastada. Porém, não podemos considerar que isso fortaleça o cabelo ou contribua para que ele cresça mais saudável e depressa.


mulher a lavar o cabelo com champo

7. Existem champôs que evitam a queda de cabelo: mito

Os champôs não interferem no couro cabeludo, logo não têm qualquer influência na queda de cabelo. Por esse motivo, apenas se deve preocupar em usar um champô que respeite as caraterísticas da haste capilar do seu cabelo.

Importa ainda dizer que também não existem champôs que provoquem ou favoreçam a queda de cabelo.


8. Existem procedimentos e penteados que danificam o cabelo: verdade

Os brushings, os apanhados e outros manuseamentos do cabelo podem contribuir para fragilizar o cabelo e, sobretudo, para provocar a queda de fios.


9. Secar o cabelo, estraga-o: mito

O ar do secador não causa qualquer dano no cabelo, desde que não se encoste em demasia e por muito tempo o secador ao cabelo. Em todo o caso, recomenda-se o uso de uma temperatura não muito elevada, apenas para evitar a irritação do couro cabeludo.


10. Se se arrancarem cabelos brancos, nascem mais: mito

Não é por arrancar os cabelos brancos que surgem mais. O aparecimento de cabelos brancos é um processo lento e progressivo que ocorre independentemente de se arrancarem ou não cabelos brancos.


11. É possível tratar a calvície: verdade

Já existem diversos tratamentos dermatológicos que são capazes de devolver o cabelo a quem o perdeu. Naturalmente que o sucesso e a eficácia destes procedimentos depende de muitas variáveis, pelo que nestes casos é sempre importante consultar um especialista habilitado para o efeito, como um dermatologista.

Não se deixe enganar pelos mitos e retenha apenas aquilo que está cientificamente comprovado!

Aviso: O Blog Mais Saúde é um espaço meramente informativo. A Medicare recomenda sempre a consulta de um profissional de saúde para diagnóstico ou tratamento, não devendo nunca este Blog ser considerado substituto de diagnóstico médico.

Encontre aqui profissionais de saúde perto de si.

Contribua com sugestões de melhoria através do nosso formulário online.

Este artigo foi útil?

Obrigado pelo seu feedback.

Partilhe este artigo:

Obrigado pela sua preferência.

Irá receber no seu email as melhores dicas de Saúde e Bem-estar.
Pode em qualquer momento alterar ou retirar o(s) consentimento(s) prestado(s).

Receba as melhores dicas
de Saúde e Bem-estar

Precisamos do seu consentimento para envio de mais informação.

Encontre o melhor
Prestador Medicare perto de si

Código Postal inválido

Pesquise entre os mais de 17 500 Prestadores
da Rede de Saúde Medicare.

Política de Privacidade