rapariga sente dor nos dentes após escovagem

Erosão dentária: o que a provoca e como prevenir

3 mins. leitura

Indíce
  1. 1. O que é?
  2. 2. Causas
  3. 3. Tratamento
  4. 4. Como prevenir?

Fala-se em erosão dentária quando ocorre o desgaste do esmalte dos dentes.

Embora o esmalte dos dentes não possa ser regenerado, é fundamental compreender o que pode desgastá-lo, de modo a adotar cuidados preventivos.


dentista segura num modelo de dente e numa escova

O que é a erosão dentária e quais os sintomas

A erosão dentária pode ser definida como uma forma de desgaste dos dentes, provocada pela exposição prolongada a ácidos que levam à sua desmineralização.

O esmalte dentário, a camada mais externa e dura dos dentes, é, assim, danificado gradualmente, expondo a camada imediatamente abaixo, a dentina, e tornando os dentes mais vulneráveis.

Os sintomas da erosão dentária podem variar, mas, normalmente, incluem:

  • Sensibilidade dentária em relação a alimentos e bebidas frias, quentes, ácidas e condimentadas;
  • Fraturas e lascas;
  • Descoloração dos dentes;
  • Dor;
  • Reentrâncias na superfície dos dentes.

Com o avançar do tempo, a erosão pode, ainda, comprometer a estética e a estrutura dentárias, provocar alterações no alinhamento dos dentes e o aumento de cáries.

Este problema pode, inclusivamente, expor a polpa dentária, que se trata do tecido mais profundo do dente.


Quais as causas?

O esmalte dos dentes é bastante resistente, sendo a primeira defesa dos dentes contra danos físicos e químicos. No entanto, pode desgastar-se por variados motivos, nomeadamente:

  • Alimentos e bebidas ácidas: ainda que a saliva neutralize o ácido na boca para proteger os dentes, o consumo frequente de refrigerantes, sumos cítricos, vinagre, frutos ácidos e bebidas energéticas, podem desgastar o esmalte dentário com o tempo;
  • Refluxo ácido: o refluxo gástrico dá-se quando o ácido gástrico passa involuntariamente para o esófago e para a boca, podendo causar danos nos dentes se acontecer com frequência.
  • Escovagem agressiva: escovar vigorosamente os dentes com uma escova de cerdas duras ou o uso excessivo de produtos abrasivos podem também desgastar o esmalte dentário;
  • Bruxismo: o hábito de ranger os dentes pode levar ao desgaste do esmalte ao longo do tempo.

Tratamento

O tratamento depende da gravidade da erosão dentária. Estas são algumas das opções:

  • A aplicação de flúor pode ajudar a fortalecer o esmalte dos dentes e a reduzir a sensibilidade;
  • Em casos mais avançados, pode ser necessário recorrer a restaurações dentárias, como resinas compostas ou coroas, para reparar os dentes danificados;
  • Se a erosão dentária for causada por refluxo gástrico ou bruxismo, é importante tratar estas condições, para evitar o agravamento do desgaste.

rapaz com erosão dentária em consulta no dentista

Como prevenir a erosão dentária

A prevenção é a melhor forma de lidar com a erosão dentária. Mesmo que já apresente algum desgaste, é importante adotar medidas para a situação não piorar, tais como:

  • Moderar o consumo de alimentos e bebidas ácidas e evitar, ainda, o consumo frequente entre as refeições;
  • Beber água após consumir alimentos ou bebidas ácidas, para neutralizar os ácidos;
  • Utilizar palhinhas ao beber líquidos ácidos, para minimizar o contacto com os dentes;
  • Escovar os dentes adequadamente com uma escova de cerdas macias para evitar danos no esmalte;
  • Usar um dentífrico com flúor para fortalecer o esmalte dentário;
  • Visitar regularmente o dentista para verificar a saúde dos dentes e receber orientações personalizadas acerca da prevenção da erosão dentária.

O esmalte não possui células vivas e, por isso, a erosão dentária não é reversível. Assim, é essencial ter estes cuidados, para manter os dentes saudáveis e protegidos.

Aviso: O Blog Mais Saúde é um espaço meramente informativo. A Medicare recomenda sempre a consulta de um profissional de saúde para diagnóstico ou tratamento, não devendo nunca este Blog ser considerado substituto de diagnóstico médico.

Encontre aqui profissionais de saúde perto de si.

Contribua com sugestões de melhoria através do nosso formulário online.

Este artigo foi útil?

Obrigado pelo seu feedback.

Partilhe este artigo:

Obrigado pela sua preferência.

Irá receber no seu email as melhores dicas de Saúde e Bem-estar.
Pode em qualquer momento alterar ou retirar o(s) consentimento(s) prestado(s).

Receba as melhores dicas
de Saúde e Bem-estar

Precisamos do seu consentimento para envio de mais informação.

Encontre o melhor
Prestador Medicare perto de si

Código Postal inválido

Pesquise entre os mais de 17 500 Prestadores
da Rede de Saúde Medicare.

Política de Privacidade