pai a usar aspirador nasal na filha para tratar a tosse

Como tratar a tosse das crianças? Dicas e remédios caseiros

4 mins. leitura

Indíce
  1. 1. Características da tosse
  2. 2. Causas
  3. 3. Remédios para a tosse
  4. 4. Quando procurar um médico?

Muitas vezes, a tosse é uma resposta natural do corpo a infeções respiratórias, alergias ou irritantes ambientais. Apesar de bastante comum em crianças, pode ser muito desconfortável. Dar um remédio para tosse infantil caseiro pode ajudar inicialmente a aliviar esse incómodo.

Contudo, em alguns casos, pode ser necessário recorrer a um médico para tratamento, nomeadamente quando a tosse está associada a outros sintomas.

Fique a conhecer, neste artigo, alguns remédios caseiros eficazes e os sinais de alerta que exigem a observação médica.


Caraterísticas da tosse em crianças

Nas crianças, a tosse é uma das principais razões para a ida ao médico, por gerar preocupação e ansiedade nos pais. No entanto, tossir é um mecanismo de defesa do organismo para expulsar secreções ou corpos estranhos e, assim, manter as vias respiratórias limpas.

Segundo a Sociedade Portuguesa de Pediatria, as crianças saudáveis tossem, em média, cerca de 11 vezes por dia. A frequência da tosse aumenta no inverno, devido a uma maior prevalência de infeções respiratórias víricas.

A tosse infantil pode ser dividida em dois tipos: tosse seca/irritativa e tosse produtiva (quando há expetoração).

Normalmente, os episódios de tosse duram até três semanas e não precisam de tratamento específico. Porém, se a tosse estiver associada a alguns sintomas ou se se prolongar, é importante recorrer a um médico.


Principais causas de tosse infantil

A tosse pode ser aguda ou crónica, consoante a causa e duração.

Se durar menos de três semanas, é considerada tosse aguda. As causas mais comuns são as infeções das vias respiratórias superiores motivadas por vírus, nomeadamente a nasofaringite aguda (a comum constipação), gripe, bronquiolite e pneumonia.

Quanto à tosse crónica, dura mais de 3 semanas e, normalmente, está relacionada com casos de asma, bronquite, pneumonia, tuberculose, doença do refluxo gastroesofágico, entre outras.

As alergias também podem causar tosse em crianças. Os alérgenos mais comuns incluem ácaros, pó, pólen, bolor e pelos de animais. Além disso, a tosse pode ser um indicador de engasgamento e surgir subitamente. Nessas circunstâncias, a tosse deve ser incentivada para resolver a situação.


Remédios para tosse infantil: o que pode fazer em casa

Ainda que possa parecer grave e perturbar o sono, a tosse é um sintoma comum em crianças pequenas e pode durar semanas. No entanto, a menos que a criança esteja com dificuldade em respirar, é possível recorrer a algumas dicas e remédios caseiros.

Antes de mais, é importante prestar atenção ao som da tosse para escolher o melhor remédio caseiro e para, se necessário, poder descrever a tosse ao médico:

  • Tosse profunda vinda do peito: deve-se, provavelmente, a secreções nas vias aéreas;
  • Tosse forte vinda da parte superior da garganta: pode significar infeção e inflamação à volta da laringe;
  • Tosse leve com fungadelas: pode estar relacionada com o gotejamento pós-nasal na parte posterior da garganta.

Lavagem ou aspiração nasal

A lavagem nasal suave, com uma solução salina, ou a aspiração nasal, com um aspirador nasal, podem ajudar a aliviar a congestão e a tosse, especialmente em crianças pequenas que não sabem assoar o nariz.


Ingerir líquidos

Manter a criança bem hidratada é fundamental. Beber água, sumos naturais e caldos pode ajudar a hidratar as vias respiratórias, em casos de tosse seca, facilitar a tosse produtiva.


Inalar ar húmido

A inalação de ar húmido, recorrendo a um humidificador ou banho quente, pode aliviar a irritação na garganta e reduzir a tosse seca.

menina a dormir com a cabeceira da cama elevada

Elevar a cabeceira da cama

A tosse, por norma, tem um agravamento durante a noite, o que perturba o sono das crianças. Para aliviar, recomenda-se a elevação da cabeceira da cama com a colocação de um cobertor enrolado por baixo do colchão.

Outra possibilidade é recorrer a duas almofadas, mas só nos casos das crianças com mais de um ano e meio, pois as mais pequenas não devem dormir com almofadas.


Respirar ar frio

Nos casos de tosse rouca (conhecida por "tosse de cão"), o ar frio ajuda a aliviar. Se o tempo estiver frio, agasalhe a criança para uma caminhada ao ar livre ou sentem-se à janela para respirar ar frio, durante uns minutos. É, ainda, recomendado não ligar aquecedores ou acender lareiras.


Dar mel

O mel é um remédio natural com propriedades calmantes para a tosse. Também possui propriedades antibacterianas e pode ajudar a combater infeções. Contudo, só deve ser dado a crianças com mais de um ano, devido ao risco de botulismo em crianças menores. Uma colher de chá de mel puro antes de dormir pode, eventualmente, ajudar a acalmar a tosse noturna.


Os xaropes para a tosse são recomendados?

Embora a maior parte dos xaropes para a tosse e mucolíticos não precise de receita médica, a verdade é que estes não são aconselhados. A tosse é uma defesa do organismo, logo, não é saudável parar com ela a todo o custo.

Quando procurar um médico

Apesar de a tosse em crianças ser comum e de muitas situações puderem ser tratadas com um remédio caseiro, é fundamental saber quando procurar orientação médica.

Assim, é importante consultar um médico ou recorrer a um serviço de urgência, se a tosse da criança for acompanhada de outros sintomas como:

  • Febre alta, ou seja, temperatura igual ou superior a 39 °C, em crianças entre os 3 e 6 meses; temperatura igual ou superior 40 °C, em crianças com mais de 6 meses; e temperatura igual ou superior a 37,6 °C, em bebés com idade inferior a 3 meses;
  • Dificuldade em respirar, como respiração muito rápida associada a contrações entre as costelas ou por baixo do pescoço, abertura acentuada e rápida das narinas; palidez ou lábios roxos;
  • Pausas respiratórias superiores a 20 segundos;
  • Tosse súbita e persistente com tendência a piorar;
  • Vómitos repetidos ou salivação;
  • Tosse rouca com ruído intenso e persistente;
  • Dores no peito;
  • Gemidos ou prostração;
  • Estridor, ou seja, ruído agudo ao inspirar.

Aviso: O Blog Mais Saúde é um espaço meramente informativo. A Medicare recomenda sempre a consulta de um profissional de saúde para diagnóstico ou tratamento, não devendo nunca este Blog ser considerado substituto de diagnóstico médico.

Encontre aqui profissionais de saúde perto de si.

Contribua com sugestões de melhoria através do nosso formulário online.

Este artigo foi útil?

Obrigado pelo seu feedback.

Partilhe este artigo:

Obrigado pela sua preferência.

Irá receber no seu email as melhores dicas de Saúde e Bem-estar.
Pode em qualquer momento alterar ou retirar o(s) consentimento(s) prestado(s).

Receba as melhores dicas
de Saúde e Bem-estar

Precisamos do seu consentimento para envio de mais informação.

Encontre o melhor
Prestador Medicare perto de si

Código Postal inválido

Pesquise entre os mais de 17 500 Prestadores
da Rede de Saúde Medicare.

Política de Privacidade