mulher olha para o relógio e segura numa taça com batido

Os vegetarianos podem fazer jejum intermitente?

4 mins. leitura

Indíce
  1. 1. O que é?
  2. 2. Como fazer jejum?
  3. 3. Riscos vs. Benefícios
  4. 4. Potenciais Riscos
  5. 5. Potenciais benefícios

É seguro fazer jejum intermitente vegetariano? Esta é uma dúvida perfeitamente natural para quem tem uma alimentação vegetariana e pondera alterná-la com períodos sem comer.

Embora sejam vários os benefícios do vegetarianismo e do jejum intermitente, também há possíveis riscos.

Neste artigo, vamos, então, conhecer os prós e contras, bem como perceber de que forma os vegetarianos podem fazer jejum intermitente sem prejudicar a saúde.


O que é o jejum intermitente vegetariano?

Quando se fala em jejum intermitente, fala-se em jejuar (ou reduzir significativamente a ingestão de calorias), em horários específicos, intercalando-os com momentos de alimentação.

Já o vegetarianismo consiste em fazer refeições essencialmente compostas por alimentos de origem vegetal. Podem ou não incluir produtos de origem animal, como laticínios, mel e ovos.

Assim, o jejum intermitente vegetariano é uma prática alimentar que combina o jejum com uma dieta vegetariana.


homem e mulher a comer vegetais

Como os vegetarianos podem fazer jejum intermitente

O vegetarianismo, por si só, implica alguns cuidados nutricionais e um plano alimentar diário rigoroso.

Por isso, quem segue uma dieta vegetariana e tenciona começar a fazer jejum intermitente deve redobrar os cuidados, planeando as refeições de maneira a garantir a obtenção de todos os nutrientes necessários.

diferentes métodos de jejum intermitente , pelo que o primeiro passo é escolher qual adotar. Pode começar por jejuar durante um período mais curto, como 12 horas, e depois aumentar gradualmente.

Enquanto vegetariano, há, ainda, algumas dicas que deve seguir, quando estiver a iniciar o jejum intermitente:

  • Escolha alimentos ricos em proteínas: durante a janela de alimentação , opte por fontes de proteína vegetal, como leguminosas, tofu e nozes, por exemplo;
  • Inclua uma variedade de alimentos: certifique-se de que a sua dieta inclui diversos vegetais, frutos, grãos integrais e gorduras saudáveis para colmatar as suas necessidades nutricionais;
  • Cuidado na hidratação: mantenha-se hidratado durante o jejum, bebendo água, chá e café sem adição de açúcar;
  • Atenção à suplementação: consulte um profissional de saúde para avaliar a necessidade de suplementos, como vitamina B12, vitamina D, iodo, ferro, cálcio, zinco, selénio e ómega-3.

mulher pesa recipiente com alimentos

Riscos e benefícios do jejum intermitente vegetariano

Tal como o vegetarianismo, também há certos métodos de jejum intermitente que podem contribuir para a perda de peso.

Embora a conjugação destas duas práticas possa ser benéfica em alguns níveis, também pode representar riscos.

Por isso, à semelhança de qualquer outra mudança alimentar, deve ser acompanhada por um médico ou nutricionista, para assegurar que a saúde não fica comprometida.


Potenciais riscos

Durante o jejum intermitente, pode ser complicado garantir todas as necessidades nutricionais, porque há uma redução dos períodos de alimentação.

Nas dietas vegetarianas, por natureza, podem ocorrer carências de determinados nutrientes essenciais, como vitamina B12, iodo, ferro, cálcio, zinco, selénio e ácidos gordos da série ómega 3.

Por isso, o jejum intermitente vegetariano apresenta como riscos potenciais a desnutrição, desidratação e hipoglicemia, quando apenas se pode comer em determinados horários.

Além da nutrição desadequada, longos períodos de jejum podem também levar a algumas perturbações alimentares, nomeadamente episódios de compulsão alimentar após a interrupção do jejum.

Pesquisas mencionadas na Healthline sugerem, ainda, que as hormonas femininas podem reagir de maneira diferente ao jejum intermitente em comparação com as hormonas masculinas. Algumas mulheres relataram, inclusivamente, a perda da menstruação, durante o jejum intermitente. Contudo, os estudos sobre este tema são, para já, escassos.


Potenciais benefícios

O jejum intermitente pode contribuir com alguns benefícios para a saúde, entre os quais:

  • Melhor controlo dos níveis de açúcar no sangue e diminuição da resistência à insulina;
  • Redução da inflamação crónica associada a uma variedade de problemas, nomeadamente doenças cardíacas, cancro e artrite reumatoide;
  • Diminuição da tensão arterial;
  • Redução dos níveis de triglicerídeos no sangue, colesterol total e colesterol LDL.

As dietas vegetarianas, por seu lado, podem ajudar a reduzir:

  • Níveis de açúcar no sangue;
  • Níveis de colesterol no sangue;
  • Níveis de triglicerídeos;
  • Risco de doença cardíaca;
  • Risco de desenvolver cancro.

Assim, a combinação de uma dieta vegetariana com o jejum intermitente pode potencialmente reunir algumas destas vantagens ou todas.

No entanto, não existem estudos sobre o jejum intermitente vegetariano, pelo que ainda não há informação sobre os benefícios concretos da conjugação destas duas práticas.


Cuidados a ter em conta

Há algumas pesquisas sobre a dieta vegetariana e o jejum intermitente com resultados promissores.

Contudo, antes de começar a combinar o vegetarianismo com o jejum intermitente, consulte um médico ou nutricionista para perceber se se trata de uma opção adequada para a sua saúde. É sempre fundamental ter cuidado com planos de alimentação que eliminam grupos de alimentos ou que reduzem significativamente a ingestão de calorias.

Ao seguir um jejum intermitente vegetariano, é essencial garantir que obtém todos os nutrientes necessários. Assim, é importante planear as suas refeições com antecedência, dando preferência a alimentos integrais e, simultaneamente, reduzindo a ingestão de produtos processados ou ultraprocessados.

Por fim, se não se sentir bem ou não conseguir atingir os objetivos pretendidos, se calhar, o jejum intermitente vegetariano pode não ser o mais apropriado para si.

Aviso: O Blog Mais Saúde é um espaço meramente informativo. A Medicare recomenda sempre a consulta de um profissional de saúde para diagnóstico ou tratamento, não devendo nunca este Blog ser considerado substituto de diagnóstico médico.

Encontre aqui profissionais de saúde perto de si.

Contribua com sugestões de melhoria através do nosso formulário online.

Este artigo foi útil?

Obrigado pelo seu feedback.

Partilhe este artigo:

Obrigado pela sua preferência.

Irá receber no seu email as melhores dicas de Saúde e Bem-estar.
Pode em qualquer momento alterar ou retirar o(s) consentimento(s) prestado(s).

Receba as melhores dicas
de Saúde e Bem-estar

Precisamos do seu consentimento para envio de mais informação.

Encontre o melhor
Prestador Medicare perto de si

Código Postal inválido

Pesquise entre os mais de 17 500 Prestadores
da Rede de Saúde Medicare.

Política de Privacidade