mulher deitada na cama com botija de água quente

Ciclo menstrual: conheça todas as fases

5 mins. leitura

A expressão ciclo menstrual engloba em si todas as alterações que o corpo sofre quando se prepara para uma eventual gravidez. Ao mesmo tempo que os ovários libertam um óvulo, as hormonas garantem que o útero está em condições de acolher um embrião, caso o óvulo seja fecundado.

Se essa fecundação não acontecer, então o útero começa a descamar, originando uma hemorragia também conhecida como menstruação.

O ciclo menstrual pode ter uma duração variável, como vamos explicar de seguida.


O que é o ciclo menstrual?

Designa-se por ciclo menstrual o período de tempo que vai do primeiro dia da menstruação até ao primeiro dia da menstruação seguinte.

Assim, para contabilizar o número de dias do ciclo menstrual, deve contar-se do primeiro dia de menstruação até ao dia que precede a seguinte, chegado assim ao número de dias que compõem o ciclo menstrual.

O ciclo menstrual pode durar entre 21 a 35 dias, tendo em média 28 dias.


Principais fases e descrição

Apesar daquilo que foi descrito, a duração dos ciclos menstruais pode variar e, por isso, pode dizer-se que há ciclos menstruais regulares e irregulares.

Consideram-se:

  • Ciclos menstruais regulares aqueles que duram entre 28 a 30 dias;
  • Ciclos menstruais irregulares aqueles que duram 26 dias ou 32 dias.

mulher deitada na cama com botija de água quente

A duração do ciclo menstrual vai influenciar o momento da ovulação e, consequentemente, o período fértil:

  • Se nos ciclos menstruais regulares, a ovulação ocorre 14 a 15 dias antes da próxima menstruação;
  • Quando os ciclos menstruais são irregulares, a ovulação pode ter lugar entre o 10º e o 19º dias do ciclo menstrual.
Ciclo 1ª Parte Ovulação 2ª Parte
Ciclo ovariano Fase folicular Fase lútea
Ciclo uterino Menstruação | Proliferativo Fase secretora

Além disso, o ciclo menstrual possui diferentes partes e fases que importa conhecer.

Ciclo Menstrual
Menstruação Fase folicular Fase proliferativa Ovulação Fase lútea Fase secretora
Descamação do tecido uterino Aumento dos níveis de estrogénio Reconstrução do tecido uterino, após a menstruação Libertação do óvulo do ovário Período entre a ovulação e a menstruação O tecido uterino prepara-se para uma gravidez ou decompõe-se e começa a descamar.

Período fértil

Entende-se por período fértil o momento do ciclo menstrual em que é mais provável ocorrer uma fecundação e, por conseguinte, uma gravidez.

Assim, conhecer o período fértil é a melhor maneira de se saber quando se tem mais possibilidades de conseguir engravidar. Este conhecimento revela-se útil quer para quem planeia uma gravidez, quer para quem quer evitá-la.

Para conseguir calcular com rigor o período fértil, é importante ter ciclos menstruais regulares. Além disso, convém esclarecer que quem toma um contracetivo hormonal, como a pílula, não tem período fértil.


O que pode interferir com o ciclo menstrual?

Existem diversos fatores que podem interferir com o ciclo menstrual, tornando-o mais irregular. Apesar de em muitos casos serem situações normais e inofensivas, importa saber identificar a causa dessa irregularidade e, sempre que necessário, consultar um médico.


Primeiras menstruações e menopausa

No início e no fim da vida reprodutiva, é comum as mulheres terem ciclos menstruais bastante irregulares, devido às mudanças hormonais que afetam a menstruação.

Apesar de ser uma situação natural e recorrente, pode ser importante consultar um médico que pode prescrever terapia de reposição hormonal às mulheres em pré-menopausa.


Mudança de pílula

A pílula costuma ajudar a regularizar o ciclo menstrual. Porém, se a mulher mudar de pílula, de dosagem, estiver nos primeiros tempos da sua toma ou se não a tomar adequadamente, então, isso pode desestabilizar o ciclo menstrual.

A suspensão da toma da pílula também poderá ter um efeito desregulador do ciclo menstrual, assim como a colocação do DIU (dispositivo intrauterino).

mulher deitada na cama com botija de água quente

Gestação e amamentação

A gravidez provoca uma série de mudanças hormonais e, também, a interrupção do ciclo menstrual. Mesmo depois da gravidez, a amamentação continuará a contribuir para ciclos menstruais pouco regulares, devido à produção de hormonas, como a prolactina, que interrompem o correto funcionamento dos ovários e a fertilidade.


Stress

Não se trata de um mito. A ansiedade e o nervosismo são mesmo capazes de desregular o ciclo menstrual, pois elevam a produção de hormonas como a adrenalina e o cortisol.

Para evitar esta situação, é importante combater o stress com hábitos que promovam o relaxamento, como é o caso de:

  • Fazer exercício físico;
  • Beber chás com propriedades calmantes;
  • Consumir alimentos ricos em triptofano, possuidor de um neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar.

Prática desportiva excessiva

Muitas atletas têm ciclos menstruais irregulares, devido a hormonas que são produzidas e estimuladas pelo exercício físico, como é o caso das endorfinas ou ACTH.

Nestas situações, recomenda-se uma redução da intensidade ou frequência da prática desportiva.


Doenças hormonais

Também há patologias que podem interferir com o ciclo menstrual, devido à sua influência nos níveis de estrogénio e de progesterona. Alguns exemplos destas doenças são a síndrome dos ovários poliquísticos, o hipotiroidismo/hipertiroidismo ou a hiperprolactinemia.

Neste caso, deve ser consultado um médico e devem ser realizados exames de sangue e de imagem, de modo a ser prescrito o tratamento mais indicado, que pode passar, nomeadamente, pela toma de medicamentos para reposição hormonal.


Distúrbios alimentares

A desnutrição interfere na produção hormonal. Por isso, transtornos como a anorexia ou a bulimia podem afetar o ciclo menstrual.

Perante este quadro, é fundamental a consulta de um médico, de modo a tratar esta doença e estes hábitos alimentares desviantes.


Doenças ginecológicas

Há ainda problemas ginecológicos que podem prejudicar o ciclo menstrual, como é o caso de patologias como a endometriose, os miomas uterinos, os tumores ou a síndrome de Asherman, por exemplo.

Independentemente da doença em causa, é fundamental a consulta de um médico que, perante o diagnóstico, possa determinar qual a terapêutica mais apropriada.


Efeitos secundários de medicamentos

Há fármacos que interferem nos níveis de estrogénio e progesterona presentes no sangue. Alguns exemplos destes medicamentos são os antidepressivos e os antipsicóticos.

Nestes casos, aconselha-se que converse com o seu médico, de modo a avaliar a possível suspensão ou alteração dos fármacos em causa.

Entendido o papel que o ciclo menstrual tem na vida reprodutiva feminina, importa estar atento à sua irregularidade e, em caso de ausência de ciclo menstrual por mais de três meses, ou sempre que achar necessário, deve consultar um médico.

Aviso: O Blog Mais Saúde é um espaço meramente informativo. A Medicare recomenda sempre a consulta de um profissional de saúde para diagnóstico ou tratamento, não devendo nunca este Blog ser considerado substituto de diagnóstico médico. Encontre aqui profissionais de saúde perto de si.

Contribua com sugestões de melhoria através do nosso formulário online.

Este artigo foi útil?

Obrigado pelo seu feedback.

Partilhe este artigo:

Obrigado pela sua preferência.

Irá receber no seu email as melhores dicas de Saúde e Bem-estar.
Pode em qualquer momento alterar ou retirar o(s) consentimento(s) prestado(s).

Receba as melhores dicas
de Saúde e Bem-estar

Precisamos do seu consentimento para envio de mais informação.

Encontre o melhor
Prestador Medicare perto de si

Código Postal inválido

Pesquise entre os mais de 17 500 Prestadores
da Rede de Saúde Medicare.

Artigos relacionados:
Ver mais
1 presente à escolha

Oferta exclusiva Online

1 presente de boas-vindas à escolha

Aderir Online
Cartão Platinium Mais Vida
Quer aderir? Ligamos grátis! Esclareça as suas dúvidas com a nossa
equipa, sem compromisso.
Precisamos do seu consentimento para envio de mais informação.
Formulário enviado Obrigado pelo seu contacto. Será contactado em breve pela nossa equipa de especialistas.