estetoscópio numa fita azul

Saúde masculina: o que deve ter em atenção em cada etapa da vida

4 mins. leitura

A esperança média de vida dos homens é, em Portugal, seis anos inferior à das mulheres. Uma das razões para este fenómeno reside no facto de serem menos vigilantes em relação à sua saúde.

Parece ser uma verdade quase universal: os homens não gostam, realmente, de ir ao médico. Um comportamento que terá raízes culturais e, em muitos casos, estará relacionada com a ideia de que doença é um sinal de “fraqueza”.

Assim, há doenças que poderiam ser prevenidas e acabam por tornar-se fatais para muitos homens, ou afetar gravemente a sua qualidade de vida. Por exemplo, os acidentes vasculares, enfartes, cancro e patologias do aparelho digestivo.

Independentemente da idade, é, por isso, fundamental que os homens cuidem da sua saúde, nomeadamente, através da ida a consultas médicas com regularidade e da realização de exames de rotina. Cuidados, necessariamente, associados à adoção de hábitos de vida mais saudáveis.

A realização de determinados exames na juventude pode mesmo significar uma velhice com uma saúde mais forte.


Saúde masculina década a década

Doenças mais preocupantes

Há um conjunto de doenças que são específicas dos homens, ou que afetam mais estes do que as mulheres.

Este facto leva a que sejam alvo de rastreio específico as seguintes doenças:

Com base nas condições de saúde de cada indivíduo, o médico deverá determinar quais os testes que deve fazer e com que frequência.

Em geral, os exames médicos que se seguem são suficientes para manter uma prevenção adequada ao longo da vida.


Exames médicos fundamentais

Há um conjunto de aspetos na avaliação médica de rotina que todos os homens devem realizar.

Seguem-se alguns exemplos:

  • Pressão arterial: a pressão alta pode causar problemas sérios em vários órgãos, ou mesmo a morte;
  • Colesterol: sobretudo a partir dos 35 anos, ou em homens com fatores de risco para a diabetes;
  • Cancro colorretal;
  • Imunizações: o sistema imunitário pode tornar-se mais frágil com o avanço da idade e as vacinações recomendadas variam ao longo do tempo; os homens com mais de 50 anos devem tomar a vacina da gripe; a partir dos 65 anos é recomendável a vacina da pneumonia.

Com o avanço da idade, as necessidades de exames médicos vão sofrendo alterações, com alguns a serem especialmente importantes mediante os fatores de risco e história familiar de patologias prévias de cada homem.


20-30 anos

  • Exame físico anual, incluindo pressão arterial e verificações da altura/peso;
  • Rastreio do cancro testicular, incluindo autoexames mensais;
  • Teste do colesterol de cinco em cinco anos;
  • Eletrocardiograma para verificar a existência de doenças cardíacas;
  • Análises ao sangue para detetar diabetes, entre outras;
  • Dependendo dos fatores de risco, o médico pode recomendar o rastreio do cancro de pele, doenças sexualmente transmissíveis, infeção por VIH e abuso de álcool.

30-40 anos

  • Exame físico anual, incluindo pressão arterial e verificações de altura/peso;
  • Rastreio do cancro testicular, incluindo autoexames mensais;
  • Teste do colesterol de cinco em cinco anos;
  • Eletrocardiograma para verificar a existência de doenças cardíacas;
  • Análises ao sangue;
  • Dependendo dos fatores de risco, o médico pode recomendar o rastreio do cancro da pele, cancro oral, doenças sexualmente transmissíveis, infeção por VIH e abuso de álcool;
  • Exame de visão;
  • Rastreio de doenças coronárias em indivíduos com forte historial familiar e/ou fatores de risco;

40-50 anos

  • Exame físico anual, incluindo pressão arterial e verificações de altura/peso;
  • Rastreio do cancro testicular, incluindo autoexames mensais;
  • Teste do colesterol de cinco em cinco anos;
  • Eletrocardiograma para verificar a existência de doenças cardíacas;
  • Análises ao sangue;
  • Dependendo dos fatores de risco, o médico pode recomendar o rastreio do cancro da pele, cancro oral, doenças sexualmente transmissíveis, infeção por VIH e abuso de álcool;
  • Rastreio do cancro da próstata;
  • Rastreio da diabetes a cada três anos, em homens com mais de 45 anos de idade;
  • Dependendo dos fatores de risco, o médico pode recomendar o rastreio do cancro da pele, cancro oral, doenças sexualmente transmissíveis e abuso de álcool;
  • Exame de visão;
  • Rastreio de doenças coronárias em indivíduos com forte historial familiar e/ou fatores de risco;
  • Exame dentário.

50-60 anos

  • Exame físico anual, incluindo pressão arterial e verificações de altura/peso;
  • Rastreio do cancro testicular, incluindo autoexames mensais;
  • Teste do colesterol de cinco em cinco anos;
  • Rastreio anual da diabetes tipo II;
  • Dependendo dos fatores de risco, o médico pode recomendar o rastreio do cancro da pele, cancro oral, doenças sexualmente transmissíveis, infeção por VIH e abuso de álcool;
  • Rastreio de doenças lipídicas;
  • Eletrocardiograma anual;
  • Exames de visão e audição;
  • Rastreio do cancro da próstata;
  • Rastreio do cancro do cólon com teste de sangue oculto fecal, retossigmoidoscopia, ou colonoscopia aos 50 anos de idade;
  • Rastreio de doenças coronárias em indivíduos com forte historial familiar e/ou fatores de risco;
  • Triagem para depressão;
  • Exame dentário.

60-70 anos

  • Exame físico anual, incluindo pressão arterial e verificações de altura/peso;
  • Rastreio do cancro testicular, incluindo autoexames mensais;
  • Teste do colesterol de cinco em cinco anos;
  • Rastreio cancro da próstata;
  • Rastreio de doenças lipídicas;
  • Eletrocardiograma anual;
  • Eventual rastreio de doenças coronárias, aneurisma da aorta abdominal e rastreio da artéria carótida;
  • Exames de visão e audição;
  • Triagem para osteoporose;
  • Dependendo dos fatores de risco, eventual rastreio do cancro da pele, cancro oral, cancro do pulmão, doenças sexualmente transmissíveis e abuso de álcool;
  • Rastreio colorretal, com exames endoscópicos (retossigmoidoscopia ou endoscopia);
  • Triagem para a depressão;
  • Rastreio de demência e da doença de Alzheimer;
  • Exame dentário.

70 anos e seguintes

  • Exame físico anual, incluindo pressão arterial e verificações de altura/peso;
  • Rastreio do cancro testicular, incluindo autoexames mensais;
  • Rastreio do cancro da próstata;
  • Rastreio de doenças lipídicas;
  • Eletrocardiograma anual;
  • Eventual rastreio de doenças coronárias, aneurisma da aorta abdominal e rastreio da artéria carótida;
  • Exames de visão e audição;
  • Triagem para osteoporose;
  • Continuar até aos 75 anos o rastreio colorrectal (retossigmoidoscopia ou endoscopia). Este rastreio não é recomendado para os maiores de 85 anos.
  • Dependendo dos fatores de risco, eventual rastreio do cancro da pele, cancro oral, cancro do pulmão, doenças sexualmente transmissíveis e abuso de álcool;
  • Triagem da depressão;
  • Rastreio de demência e da doença de Alzheimer;
  • Exame dentário.

Fontes:

  • Health Checkup. “Health Checks For Men by Age”.
  • Men’s Journal. “Check-ups every guy needs, depending on your age”.
  • PORDATA. “Esperança de vida à nascença: total e por sexo”.
  • Serviço Nacional de Saúde. “Rastreio do cancro colorretal”.
  • WebMD. “Men’s Health Tune-Up Schedule: Medical Tests”.

Aviso: O Blog Mais Saúde é um espaço meramente informativo. A Medicare recomenda sempre a consulta de um profissional de saúde para diagnóstico ou tratamento, não devendo nunca este Blog ser considerado substituto de diagnóstico médico. Encontre aqui profissionais de saúde perto de si.

Partilhe este artigo:

Obrigado pela sua preferência.

Irá receber no seu email as melhores dicas de Saúde e Bem-estar.
Pode em qualquer momento alterar ou retirar o(s) consentimento(s) prestado(s).

Receba as melhores dicas
de Saúde e Bem-estar

Precisamos do seu consentimento para envio de mais informação.
Artigos relacionados:
Ver mais

Pedido enviado Falaremos consigo
assim que possível

Quer aderir? Ligamos grátis
Precisamos do seu consentimento para o contactar.